Atenção: Funcionamento do comércio em período de quarentena do COVID-19
Gabriella Oliveira
Banner da notícia

Na madrugada deste sábado (21) a Prefeitura de Porto Alegre emitiu um novo decreto atualizando as medidas para o funcionamento do comércio durante o período de quarentena em razão do coronavírus.

Novo decreto determinou o fechamento do comércio, indústria, setor de serviços e construção civil, a fim de combater o vírus e a propagação da pandemia entre as pessoas, porém, serviços considerados essenciais ficam de fora como: farmácias e drogarias, serviços e comércio na área da saúde, mercados, hipermercados e supermercados, mercearias, açougues, peixarias, fruteiras e centros de abastecimento e distribuição de alimentos.

No que se refere ao setor da construção civil, as ferragens e comércio de material de construção podem funcionar.

Também ficam liberadas as indústrias alimentícias, inclusive animal; de higiene, limpeza, assepsia e de serviços de saúde; clínicas veterinárias, pet shops, postos de combustíveis e lubrificantes, distribuidoras de gás, lavanderias, hotéis e motéis, lojas de venda de água mineral e distribuidoras de serviços básicos e de telecomunicações e processamento de dados; transportadoras, salões de beleza, barbearias, óticas, entre outros.

O momento é crítico e de atenção redobrada. Cada um está fazendo a sua parte na luta contra a propagação do coronavírus, e nessa batalha não podemos deixar de destacar o trabalho dos comerciários dos setores considerados essenciais, assim como profissionais da área da saúde, transporte, entre outros, que continuam em atividade para garantir o abastecimento e a normalidade do dia-a-dia, dentro do possível, para toda a população”, destaca o Presidente do Sindec-POA, Nilton Neco.

O dirigente ainda afirma a importância de buscar informações em fontes confiáveis, evitando a propagação de fake news, principalmente pelas redes sociais, disseminando o pânico entre as pessoas.

SINDEC-POA

Atendendo às recomendações de segurança, o Sindec-POA informa que suspendeu o atendimento presencial, a fim de gerar aglomerações. Porém, a categoria comerciária segue assistida e pode entrar em contato para dúvidas, denúncias ou serviços, pelos nossos canais de atendimento:

www.sindec.org.br

Tel.: 3254 5500

E-mail: [email protected]

Voltar pro topo